Perfil

with Nenhum comentário
O Viola de Bolso Arte e Memória Cultural é o chão institucional da ação cultural desenvolvida pelos seus integrantes. Com foco em Pensamento e Memória, aliado ao fortalecimento das manifestações culturais populares, o Viola de Bolso se insere no contexto histórico regional.
Essa ação cultural tem abrangência regional e ganha caráter de movimento e de articulação criativa das artes culturais, numa perspectiva de fortalecimento das redes de diálogo entre diferentes ações e sujeitos do fazer cultural nas cidades do extremo sul baiano.

Em Eunápolis, o Viola de Bolso mantém um Espaço Cultural aberto á comunidade local, realizando espetáculos, promovendo as artes em suas interfaces. Durante a semana, o local se abre para as Oficinas de artes que incluem as Artes Visuais; Teatro, Música, Roda de Capoeira, além do estímulo à leitura e ao aceso a Literatura, no âmbito do seu Projeto de Ponto de Cultura, conveniado com o governo da Bahia.

A música está na origem do Viola de Bolso e marca a sua trajetória , quando ainda era um grupo que aliava literartura e música a se apresentar em diversas cidades. Com o tempo, o grupo focou a sua atividade na pesquisa e apresentação da música regional, compondo e recompondo canções, bebendo na fonte dos cantadores populares, Folias de Reis, cantos de Terreiros e de grupos folclóricos da região. Fruto dessa pesquiva e vivẽncia musical, é que nasceram os Cd’s “Lugares Terra”; “Guerreiros da Terra” e o atual “Encantados.”

Hoje a instituição tem um Studio que além de gravar discos de artistas locais, está exercitando experiências em audiovisual, ampliando as possibilidade de criações multimídias e maiores acesso às culturas digitais.

Deixe uma resposta