Poesia e futuro

with Nenhum comentário


IN Memorian

Aqui Jaz um cinema
Aqui jaz uma biblioteca onde antes havia a cadeia pública.
Aqui jaz a pequena e esquecida Igreja primeira da cidade
Aqui jaz o primeiro hotel, a primeira rua, a ponte sobre o rio.
Um rio sepultado que jaz em esgoto e lama.
Aqui na praça, jaz a palmeira centenária.
Aqui jaz a memória, a história, o passado.
Onde mora o futuro?
que presente é esse, entre o assombro e a esperança?

Olha o caminho, o futuro tortuoso, mas vê se alcança!

Deixe uma resposta