Traços étnicos

with Nenhum comentário

A Vida do Homem

Certo dia a pedra e a taquara discutiam acerca disto: a qual das duas mais se assemelhava a vida do homem sobre a terra. Foi este o diálogo:
Pedra: – A vida do homem deve ser semelhante a mim, terá uma vida longa como a minha.
Taquara: – A vida do homem deve ser semelhante a minha. Eu morro mas volto logo à vida.
Pedra: Não pode ser assim; eu não vergo ao soprar dos ventos nem à força das chuvas. O calor não me prejudica. A minha vida é longa, ou antes, não tem fim. (….)
Taquara: Não. Como a minha deve ser a vida do homem. Infelizmente morrerei mas hei de nascer nos meus filhos. Eu não faço assim? Observe ao redor de mim. E, como os meus filhos, também os deles terão uma pele mole e brnaca.
A pedra não teve o que responder à Taquara . Zangou-se e foi embora. Assim, a vida do homem ficou sendo semelhante à da Taquara.

* Recolhido por Cesar albisetti entre os Bororos orientais. 194
2.

Deixe uma resposta