seo agency

Alecrim Dourado

with Nenhum comentário

Ações afirmativas e informações positivas. Dois lemas importantes no mundo de hoje. O primeiro, diz respeito ao que fazemos e compartilhamos, numa perspectiva social de mudanças reais, pensando no futuro comum; o segundo ponto, está vinculado ao que informamos ou queremos informar, sem manipulação, sem rabo preso nem conveniência.
A imprensa em Eunápolis – que tem se limitado a sites e portais dirigidos – vive de informar a violência dos bairros periféricos, no dia a dia de um universo de fatos que acontecem na cidade; Finge não vê as ações das comunidades que reivindicam melhorias em suas ruas e praças; finge não saber do movimento organizado de moradores e atribui tudo ao tráfico, à violência e à mal educação familiar. A imprensa eunapolitana menospreza a sabedoria popular e fica de mãos dadas com aqueles que são os causadores da violência, do desemprego, do desequilibrio ambiental e da concentração de riquezas, como a Veracel por exemplo.
Hoje – como toda segunda feira -, os sites tipo Radar64 devem exibir em suas páginas principais, o sangue, os tiros, as mortes de mais alguns jovens cidadãos, sem mais uma vez apresentar análises necessárias e o que está por trás de tanta agressão.
A imprensa poderia mostrar, divulgar, noticiar ações como as realizadas ontem no Alecrim, de cidadania e cultura, realizadas pelos moradores, pelos jovens estudantes, pelos membros daquela comunidade.
A imprensa foi convidada mas lá não apareceu nenhum representante.
O Ponto de Cultura do Viola de Bolso, assim como instituições de defesa do adolescente e grupos de jovens da igreja católica e jovens evangélicos participaram do evento.
Muitos pais e mães de familias do bairro fizeram a festa coletiva.
Música, Teatro, Perfomances, Dança e brincadeiras durante toda a tarde.
Veja as fotos clicando o Flick acima.
Enquanto a imprensa ficava à esquina, espreitando mais uma possível morte, como urubu rondando aquilo que vê de cima e imagina ser o seu alimento.

Deixe uma resposta