Pontos de Cultura na Bahia

with Nenhum comentário

Coordenação do Fórum dos Pontos de Cultura se reune em Salvador

Dois meses depois do II Fórum dos Pontos de Cultura da Bahia, ocorrido em Salvador dias 06 a 08 de julho, a Coordenação executiva eleita se reune para discutir e encaminhar os temas de destaque do evento.
Ainda sob o impacto de sua importância – considerado pro todos – a articulação dos Pontos de Cultura na Bahia tende a se fortalecer na medida em que os diferentes atores sociais, culturais e políticos perceberam o significado desse movimento, que se pauta na diversidade e no fortalecimento das identidades culturais e suas diversas manifestações de vida e cidadania.
Longe de ser um discurso, essa percepção é fruto de realizações históricas dos movimentos processados antes do golpe de 1964 e que teve seu percurso abortado pelo militarismo e demais forças reacionárias que se impunham naqueles tempos.
Com diferentes matizes e ao seu tempo, carregado de forte anseio libertário, muitos Pontos de Cultura – caso do coordenado pelo Viola de Bolso – crer na força criativa dos seus sujeitos, entre laços que se tecem mutuamente do que supomos e chamamos de moderno e tradicional, das redes criadas no ciberespaço e das redes solidárias entre os vizinhos de uma comunidade, de suas economias de reciprocidade, de suas novas descobertas para navegar e dialogar, das novas possibilidades de pensar e construir o futuro.
Ante tantos sonhos, pensamentos e esperanças, o desafio do cotidiano nos espera no amanhecer.
E dele vamos falar em nossa primeira reunião em Salvador neste dia 09 de setembro.
As dificuldades nas prestações de contas; as interseções entre uma etapa-fase e outra; a formulação de políticas de estado que dê segurança a tantos trabalhadores da cultura; as contas que ficaram pra trás; o aprendizado com o erro do passado e a atenção para não errar na frente. Vamos refletir e nos preparar para contribuir com a realização das Conferencias de cultura nos territórios de identidades e fazer o movimento pulsar na Conferência Estadual, em Ilhéus, em novembro.
Assim, estamos todos convidados a canalizar as boas energias que todos precisamos e que – com certeza-, os diversos Pontos de Cultura tem para doar a todos.

Deixe uma resposta