Magia e Amizade

with Nenhum comentário

Amigo

Em Bertópolis, cidade pequena no interior de Minas Gerais vive uma amizade.
Entre um rio e outro
O Umburaninha e o chaco das estações
A rua da Bahia e a saída pra Batinga,
Um amigo meu sempre me aguarda.
Ele tem um sorriso que me flecha sempre que o olho,
mais que isso, ele quando me abraça, o mundo se alarga e eu penso que nunca morrerei,

Ele me recebe sempre com flores
E com flores sempre o receberei.

Isso não é por acaso,
é fruto do amor
O amor que cultivamos entre nós, nossos amigos e as mulheres que amamos.

O Bar de Casca,
a avenida que vai para a Bahia, a rua que segue a estrada para a aldeia dos Maxakali,
O desejo de nunca perder a infância.

Ele é o amigo que não esqueço.
Ele é a memória dos brinquedos,
Ele é o caminho da viagem em aventura,
Ele é a ida e o retorno dos que tem saudade.
Ele é a festa.

Fiz uma paisagem da chegada em Bertópolis,
Quando quis revisar o risco e o desenho,
Não pude fazê-lo pois o sonho havia abraçado a amizade
E de lembrança sobrevivi para sempre.

Deixe uma resposta