Resistência

with Nenhum comentário

Cultura popular resiste em Belmonte

Encerrando a programação da Semana da Consciência Negra em Eunápolis, o Ponto de Cultura do Viola de Bolso trouxe as “Nagô Africana” e os “Negros Mirins”, dois grupos de cultura popular de Belmonte, que resiste há décadas, apesar da falta de apoio do poder público.
Além dos grupos, o espetáculo musical “Sete cantigas pro Jequi” por Alberto Rocha, compôs a programação e encantou o público presente.
(veja as fotos clicando no Flickr acima)


Deixe uma resposta