In-produtividade

with Nenhum comentário

Olá pessoal,
Faz um bom tempo não publico nada no blog do Viola.
Hoje resolvi publicar uma poesia minha que desenvolvi ao longo de uma reflexão sobre a vida acadêmica e a falsa produtividade que existe nela, a produtividade qualitativa de uma universidade funcional, como diria Marilena Chauí.
Também publico minhas poesias no meu blog: www.clareamente.blogspot.com
então…
Deguste-a, “Introspecte-a” e reaja, ela se chama IN-PRODUTIVIDADE:

Produtividade intelectual!
Sede, coisa,
fogo, dor.

Cega-mente a
vista.
Cega o modo
insano à mente.

Não produzo nada
intelectualmente.
Internizo
besteiras,
conflitos,
delitos/ Discursos.

Não enxergo
Clare-a-mente.
Sozinha trafego.
Na cama
eu deito
e tolero.




Clareanna V. Santana, 15 de novembro de 2009.

Deixe uma resposta