Ponto de Cultura também forma público

with Nenhum comentário

Público infantil é maioria no Ponto de Cultura do Viola de Bolso

Em reunião de avaliação o Viola de Bolso Arte e Memória Cultural constatou que teve um bom avanço na formação de um público especial: o público infantil e infanto-juvenil. Como resultado das ações do Ponto de Cultura Viola do Bolso e da consolidação do espaço cultural na comunidade do bairro dr. Gusmão, em Eunápolis, a Coordenação da entidade avalia a importância desse resultado, numa perspectiva de fortalecimento e ampliação das ações voltadas para este público.
Este avanço se deu na medida em que as turmas das Oficinas de Teatro foram tomando a forma de uma companhia e, sob a direção de Suany Roldi, montou três espetáculos que tem se revezado em cartaz no Espaço Cultural do Viola de Bolso.
Além disso, o Espetáculo da turma do Circo Sem Lona ajudou a constituir esse público especial, em sua maioria ligado às Escolas municipais e escolas particulares de Eunápolis.
Foram inumeras apresentações dos espetáculos “Vamos Brincar de Roda”; “ A Libelula e o Carroceiro” e “O Circo sem Lona”, contemplando um público infantil de mais de duas mil crianças.

Neste dia 21 de junho, entra em Cartaz no Espaço Cultural do Viola de Bolso a peça infantil “Tia Chica”, já com dois espetáculos pela manhã em duas sessões com oitenta crianças cada.
Esta movimentação tem feito com que o Viola de Bolso priorize ações lúdicas, com pedagogias que atenda com o merecido carinho, as meninas e meninos ávidos por conhecimento e interação ativa com as artes.

Deixe uma resposta