Buranhém

with Nenhum comentário


“Eu quero um rio bem perto/eu quero um rio bem fundo/eu quero um rio em mim/quem há de negar o futuro ao rio?”
É com essa frase que a música Buranhém começa. Ela faz parte do roteiro musical do Viola de Bolso, do CD Encantados, cuja apresentação é esperada neste sábado, 24.
A música Buranhém, além de ser uma homenagem ao rio e ao distrito de mesmo nome, no município de Guaratinga, fala da tradicionalidade dos ribeirinhos naquela região, repassando os seus saberes de avô para pai e filho. Todos, filhos das águas. Outros rios são reverenciados na cantiga do Viola de Bolso,como o rio dos Frades, este que aparece nas fotos.
Os recursos hidricos e a escassez de água tem sido matéria de muitos debates na atualidade.
É preciso amar o rio, pela sobrevivência de todos nós.
Sobretudo do próprio rio.

Deixe uma resposta