seo agency

Verso Implume

with Nenhum comentário

Finito e Infinito

Entre as folhas do outono
e a infinita linha do oceano
cumpre-nos escalar montanhas
decifrar inscrições rupestres
desmontar o teorema, captar
sua argúcia de mestre.
E, inabaláveis, posto que lúcidos,
no finito da carne o agudo vértice
suavizar, e o ardor insano.
Entre as folhas do outono
e a sombra dos ciprestes.

* Maria Thereza Noronha em livro “O verso Implume, 2005.
– Foto: Joésia.

Deixe uma resposta