Homenagem a Augusto Boal é ponto alto da programação do Arte no Ponto!

with Nenhum comentário

A turma da Oficina de Teatro do Ponto de Cultura do Viola de Bolso realizou performance usando a técnica do ‘teatro invisível’,  criado  por Augusto Boal, para falar da importância da arte em nossas vidas. Com textos que refletem  a relação entre os sujeitos na platéia e no  palco, os atores  da oficina de teatro fizeram  intervenção misturados à  platéia, causando surpresa e espanto. O poema ‘Traduzir-se’ de Ferreira Gullar abriu a encenação no palco.

A idéia foi homenagear Augusto Boal, criador do Teatro do Oprimido, apropriando-se de técnicas de teatro popular que atualmente é  usado em diversos países do mundo. Boal faleceu em 02 de maio de 2009 no Rio de Janeiro, onde mantinha o Centro do Teatro do Oprimido-CTO http://ctorio.org.br/novosite/

Deixe uma resposta