Viola de Bolso realiza intercâmbio cultural em assentamento

with Nenhum comentário

Assentamento Luiz Inácio Lula da Silva coordenado pelo MST, no município de Porto Seguro.

Chamado de Minga Cultural, termo latinoamericano que significa “mutirão”, o Viola de Bolso começa neste final de semana o projeto de intercâmbio cultural em comunidades campesinas do extremo sul da Bahia. Sábado (24) e domingo (25) os ativistas culturais do Viola de Bolso estarão no Assentamento Luiz Inácio Lula da Silva coordenado pelo MST, no município de Porto Seguro.

Aproximadamente 120 jovens se dividirão em várias turmas para participar das vivências culturais, que incluem Teatro, Dança, Capoeira, Música, Artes visuais e Literatura, através da pedagogia do compartilhamento, da livre expressão  e da alegria. O objetivo do projeto é revitalizar manifestações tradicionais de cultura presentes nestas comunidades e estimular as lutas sociais por direitos e cidadania, sobretudo lutas afirmativas em defesa das comunidades  e de seus costumes,  tecidos por expressões culturais e  que se vêem ameaçadas pelo atual modelo de desenvolvimento.

Nesta primeira fase, serão contempladas seis comunidades tradicionais divididas entre os municípios de Eunápolis, Guaratinga, Belmonte e Porto Seguro.  No  Minga Cultural  o que vale é o diálogo de identidades, de sonhos e de lutas se fortalecendo a partir das culturas locais nas diversas linguagens artísticas  com um caráter formativo, reflexivo e inspirador.

O uso do termo  Minga, pelo Viola de Bolso expressa o desejo de fortalecer os laços de amizade e solidariedade entre os povos da América Latina, com vistas à autonomia e à soberania popular.

O projeto Minga Cultural do Viola de Bolso concorre a Edital público da Secretaria de Cultura da Bahia – Secult/BA, através do Fundo Estadual de Cultura, aguardando liberação dos recursos para intensificar as ações e garantir os resultados esperados.

Deixe uma resposta