Poema árvore

with Nenhum comentário

Quando não há prisão,

A sua prisão é o tempo

Que pela força do pensamento te consome o físico

Que pela fraqueza física aparente, te confunde o pensamento.

Quando então tu preferes dormir sobre ti mesmo

Para sonhar a liberdade

na sombra que te faz árvore.

(Sumário).

Deixe uma resposta