Teia para os Pontos de Cultura

with Nenhum comentário

 

DSC00049

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Posição política do Viola de Bolso no III Fórum dos Pontos de Cultura da Bahia

O Viola de Bolso Arte e memória cultural está presente na TEIA Bahia, através do ativista cultural João Rafael, que atua na área de intervenção urbana em Eunápolis,, extremo sul da Bahia. A Teia Bahia está acontecendo entre os dias 08 a 10 de maio/14, em Salvador.

A presença do Viola de Bolso no Encontro tem como desafio imprimir uma análise mais crítica da situação dos Pontos de Cultura na Bahia, de como o movimento dos Pontos perderam força nos últimos anos, em decorrência de diversos fatores, dentre eles, a ingerência e dirigismo da Secult Bahia. O exemplo claro dessa situação se dá justamente na Teia Bahia, quando também é realizado o Encontro do Fórum dos Pontos de Cultura. A junção dos dois momentos confunde e dificulta o avanço das lutas culturais do movimento dos Pontos. A Teia é uma atitude fundamental de diálogo do estado brasileiro com o movimento; Já o Fórum dos Pontos de Cultura(na Bahia é o 3º ano) é a confluência dessas lutas e a oportunidade de se traçar estratégias no contexto baiano para se fazer valer as conquistas e direitos culturais de cidadania, a partir do Programa Cultura Viva. São eventos distinto  que dialogam entre si, mas na mistura e na confusão, impede esse olhar crítico e necessário frente à política conduzida pelo estado, em que pese seus êxitos e abertura de diálogo.

Por isso a participação do Viola de Bolso, através de João Rafael se dá numa perspectiva de rever o período em que se realiza o Forum, para que cada momento seja separado: A Teia da Secult Bahia em seu tempo e o Encontro dos Pontos em sua data diferente também.

Acreditando na possibilidade de contribuir com o movimento, elencamos os nossos propósitos no Encontro do Fórum:

* Fortalecer o movimento dos pontos de Cultura como um movimento autônomo, sem a ingerência governamental.

* Exigir que a Secult Bahia saia do discurso e vá pra prática, no sentido de fortalecer e comprometer a secult com o Programa Cultura Viva;

* Separar o Encto/Forum(que é do movimento) da Teia(que é patrocinada pelo governo);

* Se colocar como membro do G27 ( 27 representantes territoriais do movimento);

* Se colocar como candidato a  delegado para a Teia Nacional.

Viva a Cultura Viva!

 

Deixe uma resposta