Viola de Bolso: Espaço de formação cultural

with Nenhum comentário
Turma do Teatro Lúdco

Territórios do bom Viver são os territórios da cultura, da comunidade e da cidadania. Serão este os espaços de criação e de construção da cultura do bom viver esse ano no Viola de Bolso.

Temos o desafio de aliar este desejo ao projeto proposto pelo Viola de Bolso junto à Secult Bahia, que iremos executar em 2017 coletivamente, cujas metas e objetivos deverão levar em conta essa nossa luta pela liberdade, autonomia, valorização e respeito à diversidade cultural.

Com a democracia ameaçada no Brasil, após o golpe no Congresso nacional e com a repressão que recaiu sobre os movimentos sociais, além da confusão midiática, em favor da direita e do conservadorismo em nosso País, é preciso ter claro o nosso papel de combatente, de militante cultural, em defesa da justiça e por uma cultura de paz em nossa cidade.

Nesse ajuntamento das realidades escancaradas, é preciso estar prontos para lutar muito mais do que já lutamos, acreditar na revolução muito mais do que já acreditamos e nos alegrar ainda mais, em contraposição ao conservadorismo, à mentira das elites e diante da reação agressiva e discriminatória da direita. Em resposta, continuamos na luta, inspirados na poesia e na resistência de nossas comunidades culturais.

Lá se vão alguns anos que o Viola de Bolso desenvolve ações culturais formativas e mobilização de público em torno da cultura popular e em defesa das políticas públicas de cultura. Em 2017 não será diferente, continuamos na luta, ainda mais no atual contexto brasileiro, em que a democracia está ameaçada por um governo golpista, com espectro de ditadura militar e comprometido com os interesses das elites.

Este ano ano concentraremos as nossas atividades na apresentação do que o Viola de Bolso já produziu e acumulou de experiências no campo das artes e da cultura em geral, seja na forma de produção musical, produção visual e também literária. A ideia é reunir, sistematizar, lapidar e apresentar para a região sul da Bahia esta produção, dando visibilidade aos trabalhos já realizados , como forma de reflexão e resultado da construção do conhecimento aos longos desses anos de caminhada.

Ao mesmo tempo continuaremos com algumas oficinas de produção cultural e focaremos também na realização periódica das atividades do CINECLUBE VIOLA; dos Projetos QUEM TEM MEDO DE POESIA e do DOMINGO DA BOA MÚSICA, como interface e conexão do nosso fazer poético cultural. Além disso, diversos Encontros e vivências culturais na área de Literatura irá ocorrer, incentivando a leitura e o amor pela nossa cultura.

Nosso propósito é Intervir no espaço da cidade, a partir das práticas culturais desenvolvidas pelo Viola de Bolso, aliando formação política, artística, produção e criação cultural.

Deixe uma resposta