CEU DAS ARTES ABANDONADO. QUEM LIGA?

with Nenhum comentário

 

local tomado pelo mato

 

 

 

CEU DAS ARTES EM ABANDONO

Um projeto do ministério da cultura no governo Dilma Rousseff, o programa CEU das Artes teve Eunápolis como local de instalação, dentre as mais de 200 cidades beneficiadas em todo o Brasil. Porém muitas ficaram no papel ou foram abandonadas em sua fase final das obras.

É o caso de Eunápolis. Uma obra estimada em mais de R$ 3 milhões de reais, compreendendo uma área de 3 mil metros quadrados, instalada entre os bairros Itapuã e Parque da Renovação, está totalmente abandonada, depois de ter 80% de seu projeto construído. Os motivos devem ser investigados, questionados junto aos responsáveis na administração municipal da cidade.

Entretanto, o Viola de Bolso está propondo uma ocupação do espaço, reordenando as suas estruturas e seus espaços de artes e cidadania, principais objetivos do projeto do Minc.

Por isso, acredita os ativistas culturais do Viola, que um Plano de ocupação deve ser elaborado em conjunto com os moradores do dois bairros do entorno, integrantes do poder público e representantes dos segmentos culturais da cidade.

Em 2013 o Viola de Bolso acompanhou as primeiras instalações do projeto e ali detectou problemas crescentes.

desde 2013 que o projeto CEU das Artes não avança. Veja aqui

Novamente no final de abril 2018 o Viola de Bolso voltou ao local e constatou que muito da estrutura em fase final de acabamento, fora totalmente danificada, tais como: instalações elétricas, o forro do anfiteatro, as pias e vasos dos banheiros quebrados ou levados por vândalos, o piso de madeira arranhado, a quadra com o piso comprometido, portas quebradas e paredes pinchadas. Do lado de fora, o matagal tomou conta dos espaços coletivos e toda a cerca que separava a obra da via entre os dois bairros foi levada.

banheiros destruídos
area de lazer abandonada
uma maquina de construção parece deixada para trás
teto do teatro destruído

O videozinho que o Viola de Bolso fez, não revela totalmente a situação de depredação em que o local se encontra, mas dá uma boa noção do dinheiro jogado fora.

Assista aqui

É sonho, falar em retomada do projeto?

Não. É totalmente possível recuperar e reordenar e adequar o projeto a partir de uma intervenção do poder público local, na medida em que atender às propostas e aos princípios do projeto. Por isso no âmbito do projeto “A Cultura tem futuro” o Viola de Bolso prevê articulações e propostas reais para a ocupação daquele espaço, dada a sua experiência em gestão e produção cultural.

Ou seja, o que o Viola de Bolso propões é que o poder público assuma as suas responsabilidades do projeto CEU das Artes e garanta que uma equipe formada por artistas e arte-educadores assumam a gestão do local, devidamente contratados pela administração municipal de Eunápolis.

A proposta do Viola de Bolso no projeto “A Cultura tem futuro” tem outras frentes de ação a curto e médio prazo. Por isso apresentamos à administração municipal e estamos aguardando uma resposta, uma abertura de diálogo.

Veja o projeto sendo apresentado ao poder público local

Leia aqui um resumo do projeto “A Cultura tem futuro”

Veja: Outros locais com os mesmos problemas

Deixe uma resposta