TRINTA DIAS ESPERANDO A VOZ DA EDUCAÇÃO

with Nenhum comentário
capoeira no seminário sobre o projeto

Da secretaria municipal de Educação e Cultura de Eunápolis

Trinta dias da apresentação do projeto “A Cultura tem futuro”, protocolado nas secretarias de Governo e da Educação e cultura de Eunápolis e nenhum retorno, nenhum diálogo, nenhuma notícia informando do recebimento da proposta cultural.

protocolando o projeto

Em 19 de abril/2018 um grupo de alunos e ativistas culturais do Viola de Bolso foram diretamente nas duas secretarias, entregaram, protocolaram e registraram em vídeo o ato de entrega da proposta cultural do Viola de Bolso para a cidade, enfatizando a relevância do projeto no marco dos trinta anos de emancipação da cidade.

A proposta visa ampliar o debate sobre o passivo cultural em Eunápolis, na qual o poder público municipal relega e trata com descaso as leis municipais de cultura, negando abertamente a sua responsabilidade.

Eunápolis detém uma diversidade cultural que movimenta a cidade com muita resistência e dificuldades. São bandas musicais, grupos de cultura de diferentes linguagens artísticas, mestres de capoeira, diversos patrimônios culturais materiais e imateriais ameaçados, terreiros de religião de matriz africana, folias de reis, rezadores, benzedeiras, etc, em uma cidade em expansão. Nenhum catálogo, nenhum calendário de eventos, nenhum apoio aos grupos, como preconizam as leis municipais.

São estas e outras demandas que o projeto “A Cultura tem futuro” levanta e alerta à sociedade que se mobilize em campanha, em apoio e em reivindicações.

Agora entramos na segunda fase do projeto, que é transformar a reflexão em CAMPANHA PELA CULTURA. Enquanto aguardamos que a administração municipal reconheça a iniciativa, abra o diálogo e assuma o seu papel.

Faça parte dessa campanha!

Como: participando das discussões, colando um adesivo, um cartaz, dando uma sugestão.

adquira os materiais da Campanha na sede do Viola de Bolso, praça dr. Gusmão, 38.

Leia aqui um resumo do projeto

Veja video sobre o projeto aqui

Deixe uma resposta