Do que se alimenta a Viola de Bolso?

with Nenhum comentário

Memória é como se chama uma menina que na hora de colocar o nome, seus pais, moradores das roças de Eunápolis, se esqueceram do nome que lhes tinham escolhido. Os tabeliães dos cartórios daquela época andavam sempre apressado com tantos livros para organizar, levar de um povoado para outro, enfim. Os pais tinham vindo da roça apenas para registrar a filha. O tabelião muito apressado ficou impaciente olhando os pais tentando lembrar do nome que iam dar para a filhinha. E enquanto os pais discutiam se era Filismina ou Eulália, o tabelião registrou e entregou o documento para os país sem que eles tivesse lembrado do nome.

AQUI ESTAMOS

with Nenhum comentário

Aqui retornamos nós de nós mesmos, Como camadas duplas na placenta da terra O espírito, a sombra, o sol Quimeras intocáveis. Aqui retornamos nós, Da pequena estadia nos astros mais distantes No brilho incandescente da noite Do tempo Do caos … leia mais

POEMA MENINO

with Nenhum comentário

MEMÓRIA Já não me lembro mais. E todavia foi o instante mais profundo De minha adolescência. Lembro apenas Que havia sereno em seus cabelos E uma canção subia De seus ombros azuis. Ou talvez fosse o céu, Já não me … leia mais

1 2 3 4 5 6 7 15